Na transmissão de canais de tv LNT "900 segundos", ela disse sobre a auditoria Госконтроля em UP. Já em 2003, concluiu que o processo de privatização na Letónia, principalmente terminou, mas o processo final, desde então, tudo continua e não pode falhar.

Na UP funciona 65 pessoas, para assegurar o funcionamento da agência é gasto anualmente 2,3 milhões de euros.

De acordo com o Крумини, até 2013 UP mantido em fundos de privatização, mas agora que o dinheiro já não é suficiente, e logo terá de alocá-los do orçamento do estado.

Госконтролер acredita que é necessário dizer claramente, quando termina o processo de uso de certificados e de tomar decisões sobre o destino de certificados não utilizados, e continuar a trabalhar UP.