Assim, em 2010, na Letónia foi 7951 médico de todas as disciplinas, no ano de 2011 — 7987, no ano de 2012 — 7998, no ano de 2013 — 7991, e no ano de 2014 — já só 7727 de médicos. Dentro de 2014, o número de médicos diminuiu 264 profissionais.

Também na Letónia é reduzido o número de profissionais de saúde com a média de médicos, educação, incluindo enfermeiras. Em 2010, a Letónia foi de 13 217 de tais profissionais, em 2014 — 11 678, т. е. em quatro anos, a força desse pessoal diminuiu em 1539 pessoas.

Ao mesmo tempo, o número de profissionais com nível superior de médico do profissional de educação cresce — se, em 2010, foi de 519 de tais profissionais, em 2014 — já 889. Uma situação semelhante pode ocorrer com os enfermeiros com nível superior de ensino. Em 2010, o ensino superior tiveram 1090 enfermeiros, e no ano de 2014 — já 2028 enfermeiros.

Também aumentou o número de residentes e estagiários — se, em 2010, na Letónia foi 463 de residentes e estagiários, em 2014— 589.