"Particularmente indignados, que em eventos de legionários e neo, que, infelizmente, já não é a primeira vez passar em Riga, este ano participa de alto-falante da Assembléia Inara Мурнице. Assim, a ideologia do fascismo aberto suportado pelo estado!" — disse e Caribe.

Facebook chamou o evento da capital "nazista шабашем". O vice-presidente de rússia também expressou a opinião de que, à luz deste evento será acelerado de preparação aceder à парламентам países-membros das nações UNIDAS, com a exigência de cumprir decisões internacionais, regulamentos sobre o combate a formas de racismo e de xenofobia.

Anteriormente, na quarta-feira um drone agradeceu aos cidadãos, que a cada ano o número de pessoas dispostas a participar na marcha legionários SS na capital da Letónia, diminui. Ele ressaltou que o evento deste ano reuniu cerca de 800-900 pessoas, enquanto que no ano de 2015, foi cerca de mil participantes, em 2014- mil e quinhentos, e em 2013: três mil.

Um dia antes de um grupo de europeus afegãos, não admitiram à Letónia para a participação em um comício contra as procissões de legionários. "O presidente da Associação de vítimas de nazistas modos, professor da universidade de Hamburgo Карнелию Керц não estão autorizados a entrar no avião, motivando o ato correspondente pedido do departamento de cidadania e migração (УДГМ) Letónia", disse à agência co-presidente do comité anti-fascista Letónia José Coren. Segundo ele, cinco pessoas foram detidas no aeroporto.

O dia da memória латышских legionários em honra de formação, входившего na composição das tropas SS, foi estabelecido, na Letónia, em 2008. Ele é comemorado em 16 de março. Neste dia, os eventos tradicionalmente são realizadas no centro de Riga, e também em uma vila suburbana Лестене, onde está a fraternidade, o cemitério dos legionários.