Como observou o embaixador, o modo de cessar-fogo na Síria não se aplica a grupos extremistas "estado Islâmico" e "Джебхат an-Nusra (proibida na Rússia), contra o são de luta.

Na véspera do representante especial da ONU sobre a Síria Стаффан de Мистура voltou para a Rússia e os EUA, com um apelo para salvar as negociações para uma solução pacífica do conflito sírio.

Segundo ele, o modo de cessar-fogo, introduzido a partir de fevereiro, "mal vive". De Мистура acredita que uma trégua pode "cair a qualquer minuto".

Segundo Moscovo, a responsabilidade pela má processo de negociação repousa sobre a oposição síria, uma vez que continua a exigir a renúncia do presidente Bashar al-Assad. "Eu acho que já está claro para todos que a recorrente tentativa de apresentar este absurdo ultimato não vai levar a lugar nenhum", afirmou Бородавкин.