Como é relatado no relatório de PB, no ano passado, na Letónia havido mais de 200 estudantes de países onde a significativa presença de terroristas.

Embora a partir de 2014, o número de tais alunos não mudaram significativamente, PB notou a tendência é que ao longo do último ano, são realizados reforçados campanha de arrecadação de estudantes em países onde existe uma presença significativa de terroristas.

PB observa que a verificação de potenciais estudantes estrangeiros é realizado é muito superficial e, portanto, aumenta o risco de que, fazendo-se passar por estudantes, na Letónia, podem infiltrar-se radicalmente configurados rosto.