66% meninos e 53% das meninas não têm medo de falar sobre os problemas com seu pai. Resultados de seis pesquisas realizadas por 20 anos, sugerem que os adolescentes tornam-se mais difícil de compartilhar os problemas com os pais.

Os resultados do estudo de 2014 mostram que nem todos os alunos encontram na família de um homem que teria ouviu. 83% dos meninos e 79% das meninas acreditam que a opinião deles estão na família.

Na Letónia, 78,7% dos alunos mais dispostos a dizer sobre emocionantes de suas questões com a mãe e com o pai dispostos a compartilhar os problemas de 59,3%. os adolescentes. E os meninos, e as meninas mais rápido de encontrar uma linguagem comum e mais confiáveis da mãe do que do pai, especialmente para meninas na faixa etária de 13 a 15 anos.

Levantamento mostra que apenas 64,3% dos entrevistados vivem com ambos os pais. A proporção de famílias monoparentais na Letónia, durante os últimos anos, tem crescido.

O estudo, que foi publicado esta semana, dá uma idéia sobre a situação em 42 países da Europa e América do Norte.