Segundo informações da fonte, a que se refere a dados do site Aamaq usado por terroristas para a propaganda, os militantes afirmam que o resultado de um enfrentamento além de cinco russos também morreram vários membros libaneses, "Хизбаллах" e lutadores do governo dos exércitos da síria.

"Soldados do califado pela misericórdia de deus matou cinco soldados russos e seis membros do exército sírio", diz — se no comunicado divulgado terroristas. Além disso, é relatado que os mortos russos poderia ser "assessor militar" exército da RÚSSIA.

Como esclarecem os jornalistas do The Daily Mail, também citado no portal Aamaq, "quatro soldados russos foram mortos a oeste de Palmyra ao tentar acertar os espaços controlados pelo IG, assessor militar, cujo corpo entrou em um vídeo divulgado por terroristas, morreu no bairro da aldeia de al-Dawa".

Os jornalistas apontam que, na gravação, publicada militantes, além de corpos uniformes também são visíveis várias máquinas de venda automática AK-74, munição, bússola, munição e instruções para os soldados em russo.

A organização de defesa da Síria centro de supervisão de direitos humanos (Syrian Observatory for Human Rights, SOHR), confirmou a jornalistas que, segundo eles, perto de Palmyra, realmente estavam vários conselheiros militares da RÚSSIA, no entanto, dados precisos sobre a morte de soldados russos os defensores dos direitos humanos não.

Oficiais Síria e o irã ainda não se comentam as informações sobre as supostas mortes de soldados russos.

Na véspera, o presidente da rússia, Vladimir Putin, em uma reunião no Kremlin com os soldados, отличившимися durante uma operação militar na Síria, e as viúvas de vítimas, confirmou a morte de militar russo Fiódor Zhuravlyova, sobre a morte do que oficialmente não foi relatado. Assim, de acordo com dados oficiais, com o início da operação militar na Síria matou cinco soldados russos.

Putin, no início da semana ordenou a partir de 15 de março de começar a retirada de tropas russas na Síria. O presidente explicou que colocado na frente das forças Armadas da federação RUSSA a tarefa foi concluída. Neste caso foi observado que os militares russos base na Síria funcionar do mesmo modo.