O relatório concluiu que a russa sistema político "não tem recursos para reformas e enfrenta problemas como os crescentes adversidades econômicas, разрушающаяся infra-estrutura e conflitantes entre si elite".

Silva descreveu três cenários possíveis. O primeiro — "mudança de regime" de temas e de outra forma, quando o atual russa, o sistema político em colapso sob a pressão de sanções e de baixos preços do petróleo", diz o artigo do jornalista Рейбена Ф. Johnson.

Dois outros cenários em que o sistema vai evitar o colapso da Silva combinado, chamado de "estratégia de saída".

De acordo com o analista, o segundo cenário é o seguinte: "os Preços do petróleo em um futuro próximo aumentam ou Rússia escolhe construtivo e a cooperação com o Ocidente".

O terceiro cenário — "a estratégia de saída, o que pressupõe a substituição de Putin outro líder e restaurar a legitimidade do governo nos olhos da rússia e da comunidade internacional".

Outros analistas se mostraram céticos sobre a "estratégias de saída", que expôs Silva. Na sua opinião, o aumento dos preços do petróleo e a normalização das relações com o Ocidente improváveis.

Também a edição americana The Free Beacon lembra sobre a criação da guarda Nacional, constituída pessoalmente a Putin, que assim "tenta reforçar o seu poder". E reformas democráticas na Rússia, o que admite e o próprio Silva, em breve o tempo será pouco provável que alguém realizadas.